FILME PELÉ ETERNO

FILME PELÉ ETERNO
A prova definitiva de quem é o melhor jogador de sempre

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

O fotógrafo Sebastião Salgado conta a incrível história de como Pelé salvou a sua vida em 1994

Pelé em qualquer canto do mundo fora do Brasil, é conhecidíssimo, é respeitado, é admirado, é acarinhado, é tratado como herói. A figura lendária e mítica de Pelé está no imaginário das pessoas de todo o mundo, e esta pequena história que aconteceu com o fotógrafo Sebastião Salgado é mais uma prova de que o Rei do Futebol é conhecido, e principalmente, muito respeitado mesmo em lugares e situações que ninguém jamais imaginaria que fosse possível.

Portanto, vamos começar pelas palavras do próprio fotógrafo, também ele muitíssimo respeitado e premiado mundialmente pelo seu estilo único que resulta em fotografias absolutamente maravilhosas, que inspiraram o diretor de cinema Wim Wenders a realizar o documentário O Sal da Terra, indicado para o Oscar 2015.


Num trecho da entrevista dada à Revista Playboy, o fotógrafo Sebastião Salgado conta a incrível história de como Pelé salvou a sua vida em 1994.

PLAYBOY -- Já teve uma situação da qual você achou que não ia escapar?

SEBASTIÃO SALGADO -- Teve. Em maio de 1994, com a luta entre os tutsis e os hutus, estava havendo um massacre em Ruanda. Um grande grupo de tutsis começou a abandonar o país e a entrar na Tanzânia. Fui para a Tanzânia e contratei um tutsi que falava francês. O plano era voltar até Ruanda. Depois de muito andar chegamos a um rio por onde os tutsis estavam fugindo para a Tanzânia. Havia uma quantidade de mortos descendo o rio -- tinha uma queda-d'água um pouco acima e eu contei, em meia hora, 29 corpos caindo. O barquinho que trazia os fugitivos voltava vazio e eu fui perguntar ao pessoal se podia ir nele até Ruanda. 
De repente, tinha umas dez pessoas com facões em volta de mim. Olho para o meu intérprete e ele estava pálido, estava cinza.
"O que está acontecendo?", perguntei. 
"Eles vão matar a gente. Acham que você, querendo passar para o outro lado, é amigo dos hutus. E estão desconfiados de que você veio da França" -- 
os franceses eram aliados dos hutus naquele conflito. 
"De jeito nenhum! Eu venho do Brasil e tal..." Em francês, o cara traduzindo. 
"Fala para eles que eu sou do país do Pelé!" 
Aí a situação já mudou. 
O Pelé é realmente conhecidíssimo e de certa forma salvou a minha vida.

Sebastião Ribeiro Salgado (Aimorés, 8 de fevereiro de 1944) é um fotógrafo brasileiro reconhecido mundialmente por seu estilo único de fotografar. 

Nascido em Minas Gerais, é um dos mais respeitados fotojornalistas da atualidade. Nomeado como representante especial do UNICEF em 3 de abril de 2001, dedicou-se a fazer crônicas sobre a vida das pessoas excluídas, trabalho que resultou na publicação de dez livros e realização de várias exposições, tendo recebido vários prêmios e homenagens na Europa e no continente americano. 

"Espero que a pessoa que entre nas minhas exposições não seja a mesma ao sair" diz Sebastião Salgado. "Acredito que uma pessoa comum pode ajudar muito, não apenas doando bens materiais, mas participando, sendo parte das trocas de ideias, estando realmente preocupada sobre o que está acontecendo no mundo".

Leia mais sobre Sebastião Salgado AQUI, onde está incluída a entrevista completa para a revista Playboy, os prêmios que recebeu, a sua obra, a biografia e uma entrevista para a BBC Brasil.

Sebastião Salgado e Lélia Wanick Salgado, amor da sua vida
Aqui abaixo está o poster do documentário O Sal da Terra, dirigido por Wim Wenders, aclamado diretor de filmes como Paris Texas, Buena Vista Social Club, City of Angels, entre outros ( ver filmografia completa  AQUI ) e por Juliano Ribeiro Salgado, filho do fotógrafo.


PARA VER O DOCUMENTÁRIO "O SAL DA TERRA", CLIQUE AQUI

No vídeo abaixo, a partir do minuto 17:16, Sebastião Salgado confirma a história e diz que quando ele conhecer o Rei do Futebol, vai dar um grande abraço e agradecer a Pelé por ter salvo a sua vida:-)




Nota do autor do blog:
Certa vez, um escritor que eu não lembro o nome escreveu a seguinte frase:
"Se você é brasileiro e está num país onde você não fala ou entende o idioma ou dialeto, não fique preocupado. 
Basta você citar o nome Pelé, que logo a seguir um sorriso se abrirá e as pessoas te entenderão"

terça-feira, 27 de outubro de 2015

FOTO do DIA: O Rei e Mike Tyson, Moscou 1988.

Eu penso que nem o próprio Rei Pelé tem esta foto raríssima nos seus arquivos:-)

Pelé e Mike Tyson em Moscow em 1988
Em 1988, Iron Mike Tyson era o atleta nº 1 do planeta, o mais bem pago, e imbatível nos ringues, colocando em knock-out a maioria dos oponentes ainda no 1º round. 

Tyson era tão explosivo, tão poderoso, tão devastador que, no começo de muitos combates, o tempo que você levava para ir à cozinha pegar uma cerveja era o tempo que Tyson levava para colocar o oponente em knock-out estendido no chão do ringue. 

Pelé e Sven Tumba na capa da revista
Svensk Golf.


Era uma questão de segundos, era realmente impressionante.

Em 1988, Sven Tumba o lendário jogador sueco de hóquei no gelo e também do futebol, inaugurou o primeiro clube de curso de golfe na Rússia, o Tumba Golf Club Moscow. 

Sven Tumba era um incansável promotor e embaixador do golfe e conseguiu garantir a presença de várias celebridades a nível mundial para a abertura do Tumba Golf Club em Moscou, capital da  antiga URSS ( União das Repúblicas Socialistas Soviéticas), que foi dividida em 15 países (Rússia, Ucrânia, Bielorrússia, Moldávia, Geórgia, Armênia, Azerbaijão, Casaquistão, Turcomenistão, Tajiquistão, Uzbequistão, Quirguistão, Estônia, Letônia e Lituânia) em 1991.  

A maior estrela do esporte daquele ano, Mike Tyson e a maior estrela do esporte de todos os tempos, Pelé, eleito o Atleta do Século em 1981, deram a "tacada inaugural".
Pelé, Mike Tyson e Sven Tumba na inauguração do clube de golfe em Moscou.

domingo, 25 de outubro de 2015

FOTO DO DIA: A história desta foto


Uma das fotos de Pelé mais conhecidas no mundo inteiro 
é a foto que ilustra o background do blog, cujo nome é "O Coração do Rei".
Foi tirada em 6 de outubro de 1976, num jogo amistoso beneficiente entre 
a Seleção Brasileira e o CR Flamengo, em memória do jogador Geraldo, 
falecido tragicamente após uma mal sucedida operação de retirada das amígdalas.


Logotipo da
Revista Placar

Um jogo que entraria para história do futebol brasileiro apesar de poucos se lembrarem deste jogo.


Fotógrafo free-lancer da revista PLACAR no Rio de Janeiro, 
Luiz Paulo Machado foi escalado para cobrir o amistoso e, em um instante fortuito, fez o clique antológico. 

" Eu não vi o coração imediatamente, 
vi que eu tinha feito uma boa foto. Mas eu não sabia até o momento da revelação, se houve algum problema ou se correu tudo bem", disse Machado, que atualmente trabalha na Justiça federal no Rio de Janeiro.




A foto original acima, sem cortes, é a prova incontestável de que Pelé foi fotografado naquele jogo. Do lado esquerdo da foto, há um jogador do Flamengo, como mostra a seta vermelha.


Trata-se de uma das imagens mais clássicas de Pelé e uma de suas fotos mais conhecidas no mundo. 
Para Pelé, “é um registro que só Deus pode explicar”. 

Para Machado, é sua obra-prima“É uma foto reconhecida mundialmente. Sem dúvida, é minha foto mais importante.”


Juca Kfouri, que naquele tempo era chefe de reportagem da Revista Placar, recorda como as fotos deste jogo chegaram à redação..
" Este material chegou numa sexta-feira, e de repente vi esta
foto, que é uma foto para ganhar prêmio, uma coisa do outro mundo, sobrenatural".

Nos anos que se passaram, muitos tiveram a mesma reação quando viram a foto,
embora a fotografia jamais tenha recebido qualquer premiação.



Em 1976 não existiam Adobe Photoshops, Picasas e outros programas de edição de fotografias, e as máquinas fotográficas usavam rolos, que tinham que ser revelados em laboratórios, à moda antiga.

Então a Revista fez uma espécie de raios-x da fotografia para saber, ou entender, as possíveis razões pelas quais o suor "criou" um coração perfeito no peito do Rei Pelé.


1) O EFEITO GRANULADO.
Luiz Paulo Machado deve ter tirado esta foto com rolo fotográfico com ISO de 400, 800 ou 1600, para tirar a foto sem flash. Como a iluminação do Maracanã era cinco vezes mais fraca do que hoje em dia, o granulado da fotografia está bem explicado.

2) A CAMISA.
Nos anos 70, as camisas eram 100% algodão, que absorve a humidade do corpo. O algodão não favorecia a transpiração e era um impecílio para a troca de calor com o ambiente. As camisas de algodão ficavam totalmente encharcadas no fim dos jogos.




3) FÍSICO E PERCENTUAL DE GORDURA
Na reta final da carreira, Pelé estava com mais percentual de gordura e uma condição física abaixo do seu normal, o que fazia com que seu corpo suasse mais.

4) ESTILO DA CAMISA
A modelagem da camisa, com a gola e as mangas bem fechadas e o fato da camisa estar dentro dos calções ajudam a manter o calor e o suor dentro do uniforme.

5) AXILAS E TÓRAX
São as áreas do corpo com mais concentração de glândulas sudoríparas. O porte físico do Rei Pelé, com o peito avantajado, faz com que a parte central do seu tórax fique menos exposta às glândulas. Nos locais de mais secreção, a camisa húmida fica colada no corpo.
A região com os pelos no peito é a que tem maior concentração de glândulas sudoríparas.



Nesta sequência, 3 momentos distintos do Rei revelam um "padrão" de suor que mais tarde se transformaria no "coração perfeito" de 1976.

A reportagem original AQUI
 Abaixo as fotos digitalizadas da edição de janeiro de 2014 da revista.


Uma curiosidade : 
Bruno Alves, defesa central da seleção nacional portuguesa de futebol, 
formado pelo FC Porto de Portugal, é sobrinho do falecido jogador Geraldo. 
Além de ter jogado no FC Porto, Bruno Alves também jogou pelo AEK de Atenas
 e pelo Zenit da Rússia. Atualmente joga pelo Fenerbahce da Turquia.

terça-feira, 20 de outubro de 2015

FOTO DO DIA: PELÉ, STING, BIANCA JAGGER e MICHAEL YORK em 1993

Em 22 de abril de 1993, o Rei Pelé recebeu mais um 
dos inúmeros prêmios que ele acumulou em sua vida.

Na cerimônia que ocorreu dentro do edifício da 
Assembleia Geral das Nações Unidas, em New York City, 
o Rei foi galardoado com o Prêmio Dia Internacional da Terra. 

Foto: GETTY IMAGES
Pelé, a modelo e ativista Bianca Jagger (ex-mulher de Mick Jagger) 
e o popstar Sting posam com o Earth Day International Awards.  
Também o ator de Hollywood Michael York (à direita) participou na cerimônia.


Nota do do autor do blog:
Agora já sabemos onde foi tirada esta foto acima, que eu publiquei AQUI:-)

sábado, 17 de outubro de 2015

Pelé na Índia: 6 dias inesquecíveis de intenso amor, admiração, respeito, carinho e homenagens do povo indiano ao Rei do Futebol.


6 dias inesquecíveis de intenso amor, admiração, respeito, carinho e homenagens do povo indiano ao Rei do Futebol.
Sua Majestade, o Rei Pelé esteve na Índia para uma visita de 6 dias,
e logo no aeroporto de Calcutá, foi recebido por uma multidão.
Há 38 anos atrás, Pelé esteve na Índia com o New York Cosmos,
para uma jogo amistoso contra o Mohun Bagan, que terminou empatado em 2 x 2,
e que foi considerado o evento esportivo do século na Índia (ver AQUI )







  • Pele, que celebrará o seu 75º aniversário em 23 de outubro, 
  • celebrou antecipadamente com um bolo que era a réplica da Taça Jules Rimet. 
  • AR Rahman cantou os parabéns à lenda viva do futebol. 
  • (Source: Express Photo by Shubham Dutta)



  • Pelé recebeu muitas homenagens na Índia.

    Pelé, o Brasil, Pelé na Índia, em Calcutá Pelé, Pelé futebol, Pelé Brasil, Índia futebol, Football Índia, Brasil Futebol, Notícias de Futebol, futebol
    Aqui,  Shamik Chakrabarty, reporter do Indian Express, conta como foi a visita de Pelé a Calcutá. (Fonte: Reuters)

    No estádio Netaji Indoor, em Calcutá, este correspondente tinha esbarrado em um garoto de 12 anos de idade. O rapaz queria saber se Pelé era um jogador de futebol melhor do que Eden Hazard. Não se surpreenda, pois era uma questão perfeitamente legítima de um fã do Chelsea. O menino representa uma geração que revela um fanatismo pela Premier League da Inglaterra. No entanto, ele ouviu de seu pai que Pelé é o "rei" do futebol e ele queria vê-lo em carne e osso.
    Quando Pelé veio aqui em 1977, ele ainda era um jogador de futebol ativo, ainda que no outono de sua carreira. Televisão por satélite era algo inédito e jogos internacionais de futebol e ligas europeias não tinham feito incursões em nossas salas de estar. A supremacia de Pelé era inquestionável. Não é de admirar, então, que sua chegada há 38 anos criou uma histeria em massa. Mais de 20.000 fãs o esperavam no aeroporto e seguiram o ônibus que transportou o New York Cosmos do aeroporto até o hotel.
    E mais de 80 mil pessoas foram ao estádio Jardins do Éden para vê-lo em ação contra o Mohun Bagan.
    Pelé e alguns jogadores do Mohun Bagan de 1977.
    Entre 1977 e 2015, Calcutá recebeu muitos grandes jogadores, incluindo Diego Maradona e Lionel Messi. Assim, a chegada de Pelé pela segunda vez era esperado para ser um assunto relativamente discretoEle é um senhor de 74 anos de idade, que agora, ocasionalmente, precisa de uma bengala para se apoiar. 
    Mas ele é Pelé - ainda o futebolista mais exaltado no planeta.
    Assim, havia cerca de 300 fãs no aeroporto de Calcutá, no domingo. Flashes nunca pararam quando ele se dirigiu aos meios de comunicação social. E a multidão deu-lhe uma ovação de pé no estádio Netaji, onde teve uma sessão interativa com ícone do críquete indiano Sourav Ganguly.
    Mesmo este último parecia um pouco intimidado quando perguntou ao mestre brasileiro sobre a magia de seu gênio. "Você tem que ter um dom especial. E quando você chegar ao topo, não nunca pensar que você é o melhor ", Pelé respondeu.

    PELÉ foi homenageado com DUAS ESTÁTUAS. 
    Pelé sorri depois de inaugurar sua própria estátua durante uma sessão interativa com os estudantes da NSHM Knowledge Campus em Calcutá, India, Outubro 12, 2015. REUTERS/Rupak De Chowdhur
    Foto: REUTERS/Rupak De Chowdhur
    Na terça-feira (13 de outubro), Pelé foi homenageado pelo Atlético de Calcutá, na estreia do clube em casa, na Super Liga da Índia. Pouco antes do início do duelo contra o Kerala Blasters, o Rei do Futebol recebeu uma estátua impressa em 3D. O Rei Pelé acrescentou mais duas estátuas à sua já vasta "coleção" ( ver AQUI), e de hoje em diante, existem 3 estátuas em sua homenagem na Índia.
    Pelé foi homenageado com uma estátua 3D no estádio Netaji de Calcutá,
    onde foi o convidado de honra do Clube Atlético de Calcutá.
    A presença do principal jogador da história do futebol mundial teve o objetivo de lembrar sua primeira visita na cidade, quando ainda defendia o New York Cosmos, em 1977.

    A 1º estátua de Pelé na Índia, ao lado de madre Teresa de Calcutá e do Dr. Ambedkar, escritor da constituição da Índia.
    Pelé trouxe sorte ao time local, que venceu a partida por 2 a 1. Os gols do jogo foram anotados por Izumi e Javi Lara, para o Atlético, e Dagnall, que fez para os visitantes.


    CHEGADA DE PELÉ A NOVA DELHI



    NOVA DÉLHI: Pelé chegou e teve uma recepção calorosa com os fãs e funcionários entusiasmados em torno de 100 e tantos, virando-se para recebê-lo no aeroporto em sua primeira visita à Capital Nova Delhi.    
    Três vezes vencedor da Copa do Mundo, Pelé, que é considerado o maior jogador de futebol de sempre, pousou no terminal de Indira Gandhi International às 8:15 em um vôo da Air India a partir de Calcutá onde passou três dias em sua segunda visita a essa cidade.    
    O ídolo de 74 anos de idade foi recebido no aeroporto por oficiais da Força Aérea, que organizaram o torneio escola Subroto CupPelé foi recebido pelo secretário da Força Aérea Sports Control Board Vijay Yadav e pelo diretor Souvik Bhattacharya.     
    Pelé sorri para a multidão no estádio, antes do pontapé de saída da Subroto Cup 2015.
    Assim que Pelé saiu do terminal, alguns fãs gritaram seu nome e uma menina foi vista segurando um cartaz que dizia "The Black Pearl Bem-vindo '. Um integrante da Força Aérea veio com um esboço de lápis de seu busto. Vestindo um blazer e uma camisa formal, Pelé sorriu assim que ele saiu pela porta VIP.     
    A multidão em sua maioria era composta pelo pessoal da Força Aérea e desportistas que a representam.     
    O Rei mostra mais uma das muitas homenagens que recebeu durante os 6 dias em que esteve na Índia.
    Pelé, que faz 75 anos no dia 23 de outubro, esteve em Delhi para uma visita de dois dias a convite do Subroto Cup International. Ele foi o principal convidado dos Sub-17 para a partida final da Copa do Subroto no Estádio Ambedkar em 16 de Outubro.     
    Pelé realizou uma conferência de imprensa no Gurgaon Hotel onde ele esteve hospedado.
    A Força Aérea também ofereceu um jantar em sua homenagem, como parte de uma noite de caridade no mesmo hotel. Três desportistas indianos, que já se qualificaram para as Olimpíadas de 2016 no Rio de janeiro, foram felicitados na presença de Pelé.     
    O Rei cumprimenta os jogadores sub-17 da Subroto Cup. 
    Com esta idade, Pelé já havia vencido uma Copa do Mundo FIFA, não é incrível?
    Esta foi a segunda visita de Pelé ao país depois que ele veio a Calcutá (Kolkata agora) como a estrela maior do clube New York Cosmos para uma partida de exibição contra o Mohun Bagan, em 1977.
    _

    Na capital, não houveram muitos programas oficiais para Pelé, que fez parte das equipes vencedoras da Copa do Mundo da FIFA pelo Brasil em 1958, 1962 e 1970.   
    "Pelé está chegando a Nova Deli, pela primeira vez e estamos esperando uma resposta grande dos entusiastas do futebol da cidade. Tournament Subroto Cup está em sua 35ª edição e este ano, nós pensamos em fazer algo novo. É por isso que temos Pelé aqui, " disse Wing Commander Vijay Yadav, secretário-geral da organização Subroto Copa Internacional Torneio de Futebol.
    "A idéia era, queríamos trazer uma grande estrela de futebol, do passado ou presente, e nós descobrimos que Pelé estava disponível.
    Ninguém é mais adequado do que Pelé para inspirar esta escola de jovens futebolistas e assim trouxe Pelé com a ajuda de uma empresa de gestão esportiva ", acrescentou.     
    Os organizadores emitiram passes gratuitos para a partida final Subroto Cup em 16 de Outubro no Estádio Ambedkar.     
    Pelé posa para a fotografia com os jogadores sub-17 e integrantes das Forças Armadas.
    "Uma vez que somos uma sociedade sem fins lucrativos, não podemos vender bilhetes. Então, distribuímos passes de cortesia e nós oferecemos a quem quisesse obtê-los. Houve muita solicitação de várias instituições, incluindo escolas da cidade", disse Yadav.     
    Os funcionários da Federação de Futebol All India, Ministério do Esporte e Sports Authority of India, também participaram do jogo final.

    O Rei entregou o troféu aos vencedores.



    Pelé participou da final dos Sub-17 Subroto Cup em Nova Delhi. 
    O jogo final foi entre All India Football Federation Football Club (AIFF FC) e o Manipur.  AIFF FC venceu por 4-1. 
    Ele apresentou os vencedores com um troféu e um prêmio em dinheiro no valor de 350.000 rúpias (US 5409). Manipur, que foi vice-campeão, foi premiado com 200.000 rúpias (US $ 3091), bem como medalhas. 
    Pelé sugeriu que os jovens jogadores indianos devem ter mais oportunidades para jogar em países estrangeiros e também disse que os treinadores indianos devem ser enviados para a América Latina e Europa para ganharem experiência. 
    Conselhos de um Rei são para acatar:-)

    Nota do autor do blog: 

    Enquanto que alguns poucos invejosos e raivosos no Brasil teimam em querer diminuir, minimizar, fazer chacota ou ridicularizar o Rei Pelé e a sua obra única e inigualável, 
    o resto do planeta recebe o Rei de braços abertos, com amor, carinho, admiração, respeito e homenagens, e todos sem exceção ficam honrados e orgulhosos quando o Rei visita o país deles.  

    Por esta razão é que muitas vezes para finalizar um post, eu uso a frase do grande gênio da música mundial e "pai" da bossa-nova Tom Jobim, autor de Garota de Ipanema, a canção mais tocada no mundo (juntamente com Yesterday dos The Beatles).




    "PELÉ é um esportista excepcional 
    e merece o título de Rei do Futebol. 
    Teve azar, porque nasceu no Brasil,  
    onde o sucesso alheio é como uma ofensa pessoal."

    segunda-feira, 5 de outubro de 2015

    Pelé vs Al Ahly - Cairo, Egito 1973

    Como todo mundo sabe, em qualquer lugar do planeta onde Pelé ia jogar,
    na maioria esmagadora das vezes os estádios estavam lotados (sold out) para ver o Rei,
    como exemplificado na foto abaixo, onde no lado esquerdo da foto,
    voce pode ver que há pessoas na torre de iluminação do estádio:-)

    A foto acima é de 1973, mas não é do jogo entre o Santos e o Al Ahly.
    Mesmo hoje em dia, em qualquer lugar onde Pelé esteja, tem sempre uma multidão à volta dele.

    Estes dois vídeos abaixo, com imagens raras, são do jogo entre o
    Santos FC e o Al Ahly do Egito, realizado em 18 de fevereiro de 1973,
    com mais de 80 mil pessoas no Estádio Municipal do Cairo.
    Os brasileiros venceram por 5 x 0, com um  hat-trick de Pelé. 

     

    domingo, 4 de outubro de 2015

    FOTO DO DIA: Pelé e Bar Refaeli

    Top Bar Refaeli conhece ex-jogador Pelé e comemora: 'Garota de sorte'

    Modelo participou de evento na terça-feira, 29 de setembro, na Suíça e compartilhou foto em rede social.
    Foto Instagram
    Usando um  terno vermelho, ela aproveitou para conhecer  o ex-jogador Pelé, o rei do futebol . 
    A top model ficou tão feliz em conhecer a estrela do futebol 
    que compartilhou foto em rede social e comemorou: 
    “Meu casamento e conhecer Pelé . Tudo em uma semana! Garota de sorte”. 

    Foto.Instagram

    Foto: Instagram

    Foto: Instagram

    Bar Refaeli
    Bar Refaeli

    @Hublot made my husbands watch for our wedding and introduced me to PELÉ. All in one week! ‪#‎luckygirl‬ 

    Template - Dicas para Blogs