FILME PELÉ ETERNO

FILME PELÉ ETERNO
A prova definitiva de quem é o melhor jogador de sempre

terça-feira, 18 de março de 2014

Pelé e Elvis, os Reis no Exército

Foto de autor desconhecido
Pelé e Elvis, tem mais em comum do que se possa imaginar.

Ambos ainda muito jovens, no auge do sucesso, eram ricos, famosos, verdadeiras celebridades mundiais, já eram chamados de REIS, mas ainda assim, foram exemplo de civismo e até de patriotismo, para os seus milhões de fãs espalhados pelo mundo.

Pelé e Elvis, mesmo com tudo a favor para dizerem não 
(fama, dinheiro, prestígio internacional e até amizade com os próprios presidentes dos seus países), cumpriram o seu dever de cidadãos:
se alistaram nas Forças Armadas e cumpriram o Serviço Militar como qualquer indivíduo comum, com as mesmas obrigações e serviços, sem privilégios ou facilidades.

Apenas com uma diferença:eram literalmente as estrelas da companhia, com fotógrafos e jornalistas quase que diariamente à porta do quartel, para tentarem fotos ou notícias exclusivas sobre a carreira militar dos dois reis: o do futebol e o do rock.




Elvis Presley foi convocado pelo Exército dos Estados Unidos no dia 24 de março de 1958
Ele ganhava 78 dólares por mês e era proibido de acessar sua receita artística de cerca de 
40 mil dólares mensais!!!
Sua mãe, Gladys, morreu um dia depois da volta do cantor para casa, em 14 de agosto de 1958.


Pelé serviu 6 meses ao Exército em 1959 no 6º Grupo de Artilharia de Costa Motorizado, 
na localidade de Praia Grande, no Estado de São Paulo, e também seguiu as regras:
teve que viver do salário que o Exército pagava, 
sem poder tocar no seu já gordo ordenado que ganhava no Santos.
Relato da experiência do Soldado 201 Nascimento,  ao ter passado pelas fileiras do Exército: 

“Com muita honra eu servi ao Exército, eu acho que foi um dos grandes acontecimentos da minha vida, digo isso para os mais jovens. Tudo começou quando eu vim em 1958, campeão do mundo com a seleção brasileira, com idade ainda para servir ao Exército, com 17 pra 18 anos, fui servir ao Exército. 
Muita gente achava que eu não deveria, que não precisava, que eu já havia ajudado o Brasil. 
Mas eu servi ao Exército, aprendi tantas coisas, eu gostaria de dizer: todos os jovens que puderem passar pela experiência que eu passei, devem passar. 
Porque a gente aprende a disciplina, a respeitar o próximo. 
E eu aprendi a passar, cozinhar e lavar. É um grande aprendizado e isso fica para o resto da vida."

Observação do autor: voce consegue imaginar hoje em dia, 
algum jogador de futebol ou estrela de rock abdicar por 6 meses da carreira, 
para dar exemplo de cidadania e civismo, e servir as Forças Armadas 
seguindo as mesmas regras que Pelé e Elvis seguiram?
Nem eu:-)

0 comentários:

Template - Dicas para Blogs