FILME PELÉ ETERNO

FILME PELÉ ETERNO
A prova definitiva de quem é o melhor jogador de sempre

sexta-feira, 17 de julho de 2015

FOTO DO DIA: O Príncipe e o Rei


Esta foto foi tirada na década de 60, onde o Principe Philip da Inglaterra, marido da Rainha da Inglaterra, foi até ao vestiário do Estádio do Maracanã no Rio de Janeiro para conhecer e cumprimentar o Rei do Futebol.

4 comentários:

Matheus disse...

Lamartine foi o responsável pelo preparo físico excepcional do Brasil na Copa de 70. Saiba mais pesquisando esse pdf O -futebol arte- e o -planejamento México- na copa de 70- as memórias de Lamartine Pereira da Costa. O que ele insinuou é que o Brasil só ganhou a Copa de 70 por causa disso. Por isso que ele escreveu:
"Não desmereço o Pelé como jogador. Ele foi completo e executava bem todos os fundamentos. Talvez o mais harmonioso jogador da história. Com potencial para jogar mesmo nos dias de hoje. Mas nada de ESPETACULAR! Pelé surgiu na hora certa com as pessoas certas! Foi abençoado... sua disciplina fez ele valer a expressão: "Em terra de cego, caolho é rei!" Surgir em 58, ser campeão com o time forte (PARA A DÉCADA DE 50) não jogou em 62 dando a chance dele poder se safar de uma atuação mais apagada, como muitos craques passam... Em 66 a culpa pela desorganização da comissão técnica meio que ajudou a imagem do Pelé.. que ainda saiu como vítima das entradas duras sofridas pelos marcadores portugueses... (pois é... pouco prejuízo.. é lucro nesse caso)... em 70 as "PILHAS DURACEL" da Seleção do esquecido Lamartine da Costa, com o seu PROJETO MÉXICO (existem trabalhos em PDF que falam sobre esse projeto, onde Lamartine e João Saldanha quase saem na porrada! LITERALMENTE!). E... inteligentemente... ele pendurou as chuteiras na hora certa! Sensacional estratégia de marketing e imagem pessoal.. saiu como herói do mundial de 70! E evitou de jogar em 74 e se juntar ao elenco que foi derrotado por FUTEBOL MESMO... Na Alemanha, em 74, não tinha altitude de 2500 metros... e a Holanda superou o Brasil que tinha Rivelino... Jairzinho... será que só com a presença de Gerson e Pelé resolveria???? Pouco provável... Desculpem os românticos... mas tenho essa visão fria e matemática do futebol...
O auge do Pelé na época do Santos dos anos 60. Foi marcado por inúmeras conquistas do time do litoral paulista. Porém, as estrondosas vitórias por 8:0... 7:3... eram feitas em cima de times caipiras com zagueiros lentos, péssima marcação (não lembrando, nem de perto, a pressão exercida pelo Milan na última quarta-feira, contra o Barça, na UCL). Pelé, dedicado à sua performance física e técnica (muito disciplinado nesse sentido) acabava se destacando DEMAIS em relação aos adversários daquela época, do interior paulista. E isso, enchia o os olhos do torcedor (dos anos 60), pois o que faz a torcida delirar e achar que tal jogador é FORA DO NORMAL, é a diferença de handicap. O Mundial de 58 foi algo parecido. Em 62 não pode jogar. Em 66, a desculpa que foi caçado em campo não justifica perder 2 jogos por 3:1 e vencer um morto (Bulgária dos anos 60) por 2:0. Em 70, graças a Lamartine da Costa, a seleção tinha seus jogadores com a "BATERIA" mais carregada.. e a "pilha" deles duravam mais que as outras (que nem o comercial da duracell) kkkkkkk. Portanto, pra mim, o Pelé é, apenas um ótimo jogador sortudo. Que, mesmo hoje em dia conseguiria jogar, se destacaria, mas não seria esse monstro sagrado que muitos querem acreditar que ele foi. Pelé é RELATIVO, e não ABSOLUTO! Duros em qual sentido? Se for duro no sentido de que os caipiras entravam com as travas da chuteira pra arrebentar joelhos e canelas até se as mães deles estivessem no time adversário... eu concordo! kkkkkk.... E te digo... driblar zagueiros que chegam que nem locomotivas na direção de qualquer jogador que tenha o mínimo de controle de bola, é muito mais fácil... fora que para explicar placares de 8:0.. 10:0... 7:4.. naquela época... só esse comportamento "carinhoso" aliado ao padrão tático da época... ainda mais no interior, que obviamente não tinham nem 10% da organização tática dos timecos da Espanha. Que são fraquinhos mesmo! Mas não chegam ao ponto de serem mais fracos do que times dos anos 60 do interior paulista. A brutalidade daqueles times era realizada de forma ingênua, tanto individual, quanto coletiva. Nem se compara com os mais avançados sistemas de marcação que já derrotaram o Barcelona"

Matheus disse...

Nos comentários da minha postagem anterior, gostaria que falasse principalmente da parte que ele fala sobre a copa de 66 e que ele fala que os timecos do paulista dizendo que eles são bem piores que os timecos da Espanha, que ela fala que Pelé se destacava demais por jogar o Paulista. Aquela seleção de todos os tempos foi feita pelo mesmo cara também. Além de analisar todos os comentários dele que estão na minha última postagem, gostaria que falasse desse aqui.
"Particularmente, pelo que vejo do Youtube não estou convencido de que Pelé é o maior da história. Já vi Rivaldo e Ronaldinho fazerem lances tão espetaculares quanto"
E também esses, principalmente a parte que o cara fala sobre a Copa de 70:
"Cara, sabe aquele pedreiro da obra na frente da sua casa, que joga bola descalço e nunca treinou de verdade um único dia? Então, esse era o tipo de cara que marcava o Pelé. Hoje os times jogam com 10 jogadores atrás da linha da bola, eles treinam horas toda semana, se preparam física e mentalmente, se alimentam, se concentram e se preparam para estar 100% em forma, assistem vídeos, analisam jogadas e passam horas aprendendo a como explorar as fraquezas e como aniquilar as melhores qualidades de jogadores como o Messi. Mesmo assim ele tem feito muito mais coisas que o tal do pelé. Não vem com essa de 'futebol mais fraco', tu com certeza vai se assustar muito se assistir um jogo inteiro da copa de 70. Era patético"
"até parece que pelé foi tudo isso mesmo, uma cara que contou até gol de treino para chegar aos 1000 gols .é piada"
E só uma pergunta, apenas por curiosidade: você defende Pelé com tanto afinco porque o viu jogar, não é? Só uma curiosidade, não é crítica nenhuma. Agora, você sabia que tem gente que, quando eu compartilhei postagem do seu blog respondeu:
"Parei no mome do blog"
"Ronaldinho, melhor da história"
"Oscar Schmidt só se criou e só se tornou o maior cestinha da história porque não foi para a NBA, assim como Pelé"
Pretendo terminar esse assunto em breve para que a gente possa conversar sobre outras coisas de esporte. Desculpe, Pergunto tanto para você porque sou uma pessoa cheia de dúvidas, mas vou tentar me controlar mais. Obrigado e aguardo respostas suas com relação aos comentários dessa postagem e da minha anterior.

Matheus disse...

Além de comentar os comentários de minhas duas postagens anteriores, gostaria que falasse destes abaixo, feitos num vídeo sobre Puskás e Di Stéfano. Só dizendo mais coisa, não é isso que é dito nos comentários que estou postando agora que, além dos comentários das minhas dua postagens anteriores, também gostaria que analisasse, mas não é só Pelé que é vítima do argumento de que o futebol era menos competitivo, era mais fácil, era mais lento, zagueiros eram péssimos, etc... Sempre, em qualquer post sobre um craque como Cruyff, Pelé, Di Stéfano, Eusébio, Puskás, Garrincha, Beckenbauer, entre tantos outros craques do passado, surgem várias pessoas que parecem se mobilizar e, usando sempre esses argumentos, desmerecerem esses craques, ou pelo menos duvidar de suas capacidades. Alguns mais caras de pau terminam seus comentários dizendo coisas como: Messi ou então CR7 um trilhão de vezes melhor que esses craques aí. O que também acha disso?
"Jogadores de qualidade naqueles dias mas honestamente não acho que eles são tão bons como muitos dizem. E além do futebol quando eles jogavam não era tão competitivo como nos últimos 20-30 anos. O futebol realmente evoluiu e tornou-se competitiva na década de 80 até o presente. Até os anos 80 os melhores foram Pelé e Cruyff.
Responder · 1

Ocultar respostas

Luis Segura 4 meses atrás
Amigo comentário precisa e objetiva, considerando que no futebol a 50 era algo esportes mais puros onde você podia ver brilhando mais craques reais, mas é graças a isso que competivo espírito em que tudo estava mudando e começou a impor a filosofia do futebol resultados e estratégias e marcas mais fortes e tudo mudou para sempre ...
Responder


magicogonzalez8 de 3 meses atrás
Os jogadores de hoje são muito melhores do que os jogadores antes .. em todos os aspectos, tanto preparo técnico, físico e tático .. Enquanto os jogadores agora será muito pior do que amanhã ... Mas fazer comparações e não parece certo.
Além disso não é que você quer dizer que até os anos 80 não eram competitivos .... Cerca de 200 mil pessoas entraram Maracanã nos anos 50 ... 120 000 pessoas em uma final de Copa da Europa contra o Real Madrid Eintracht Frankfurt na década de 50 ... perceber que antes estavam todos de pé. Você acha que a equipe não dei tudo para ganhar?
Durante todos esses anos de futebol mudou muito em todos os aspectos ... campos, regras, arbitragem, bola etc ..... Eu não acho que devemos falar sobre o melhor de sempre, devemos falar sobre o melhor de cada época .
Leia mais
Responder


Luis Segura 3 meses atrás
O seu comentário faz sentido amigo, e eu concordo. Eu também acredito que o dinheiro e publicidade que este movimentos criaram certas "ídolos" que em minha opinião são mais para as capas de revistas de moda que para o futebol, porque se você perceber em cada mundo há uma febre de moda e penteados que pode falar de "fashion futebol" ou não? ... Eu não lembro de ter visto muito disso na década de 80, e você? Eu acho que esse aspecto desvia o foco em alguns real talento .... hmmmm
Responder


Luis Segura 3 meses atrás
Eu também gosto do seu foco no melhor de cada época, é mais preciso e justo, já que cada época de futebol foi e só vontade e graças a Deus, ainda não terminou escrito esta história tão sério assim como injusta para presumir sobre a melhor de todos os tempos. Acho que não ainda."
Obrigado e aguardo respostas suas com relação aos comentários dessa postagem e da minha anterior.

Matheus disse...

Só esclarecendo uma confusão da primeira postagem minha nessa página: não foi Lamartine o autor dos comentários que postei nas minhas postagens e, sim, comentaristas da internet, do youtube, etc...

Template - Dicas para Blogs